Gestão odontológica

Cibersegurança na odontologia: o que é e a importância da LGPD

A era digital trouxe muitas mudanças, mas também facilitou bastante a gestão dos negócios. Com os consultórios e clínicas odontológicas não foi diferente. Porém, um detalhe importante se você investe na transformação digital, é a cibersegurança na odontologia.

O relatório de segurança Proofpoint, divulgado pelo portal CNN Brasil, destaca que 78% das empresas brasileiras passaram por, no mínimo, um episódio de ataque de roubo de dados por e-mail bem-sucedido em 2022. Para 23%, a invasão hacker resultou em perdas financeiras.

Os invasores utilizam um método de invasão chamado de ‘phishing’ que consiste em mandar um e-mail com link se passando por alguma instituição (na maioria das vezes bancos). 

Ao clicar no endereço, um malware, um tipo de software malicioso, “infecta” o computador ao computador, servidor e a rede do usuário. 

Com isso, o hacker consegue roubar os dados da vítima e, na maioria das vezes, exigem pagamento em dinheiro (e até em criptomoedas para não serem rastreados) para devolver os dados.

O levantamento da Proofpoint aponta que apenas 7 a cada 10 companhias recuperaram os seus dados após o pagamento do resgate.

Os dentistas têm muito a ganhar com a transformação digital na odontologia, mas é fundamental manter a restrição de acesso a dados.

Neste artigo, explico os pontos mais importantes sobre cibersegurança e a aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) na Odontologia.

Boa leitura!

O que é cibersegurança?

A cibersegurança é o conjunto de práticas desenvolvidas para garantir a integridade dos sistemas digitais que incluem computadores, servidores, softwares, dados e estruturas de rede. O objetivo é criar barreiras contra invasões de terceiros e gerenciar internamente quem acessa e altera itens do sistema internamente

Na área da saúde, esse cuidado é ainda mais importante. Afinal, a ética médica já estabelece a confidencialidade médico-paciente como valor fundamental. 

Com a digitalização das atividades e processos, as informações que eram registradas em prontuários físicos, agora são registradas no prontuário eletrônico digital. As ferramentas são seguras, mas as medidas de cibersegurança na odontologia precisam estar ativas.

Além da ética da profissão, desde 2020, vigora no Brasil as diretrizes da Lei Geral de Proteção de Dados, conhecida pela sigla LGPD, que regulamenta a coleta, processamento e armazenamento de dados pessoais.

Conforme a LGPD, as informações sobre pacientes são considerados dados sensíveis e, por isso, precisam estar protegidos em sistemas seguros.

Além disso, os pacientes devem ser informados sobre o uso dos seus dados. Caso não aprovem o uso para algum fim externo, por exemplo, você deve respeitar e garantir que o uso será interno e controlado.

Leia também >>> Gestão de qualidade do consultório odontológico: guia INÉDITO.

Qual a importância de utilizar softwares compatíveis com LGPD?

As medidas de cibersegurança na odontologia ajudam a direcionar a escolha das soluções que o seu consultório vai contratar. Os softwares compatíveis com LGPD são importantes porque garantem a privacidade dos dados por meio de recursos, como a criptografia.

Utilizar sistemas com esse nível de segurança, ainda dá mais confiança ao paciente de que a restrição de acesso a dados sensíveis é uma prioridade, além de respaldar o profissionalismo do seu consultório.

Quanto mais transparente for a política de cibersegurança, melhor. Esses cuidados facilitam a gestão e organização interna das informações e ajudam a prestar um atendimento de qualidade, aproveitando os recursos dos sistemas mais modernos. 

Como aumentar a cibersegurança na odontologia?

Se a cibersegurança na odontologia ainda não é uma prioridade no seu consultório, esse é o momento ideal para organizar uma estratégia. Listei sete dicas que vão ajudar a guiar este trabalho. Confira!

1. Fazer treinamentos sobre cibersegurança

Um fator essencial para a cibersegurança na odontologia é a orientação da equipe sobre os riscos aos quais os sistemas digitais estão vulneráveis e as condutas que comprometem a segurança dos dados.

Promover treinamentos é a melhor forma de orientar a equipe sobre as formas mais usadas para golpes virtuais, como se proteger eles, tipos de recursos de segurança implementados, entre outros detalhes.   

2. Utilizar softwares atualizados com LGPD

Como expliquei acima, utilizar os softwares atualizados com LGPD também aumenta a cibersegurança na odontologia. Durante a sua pesquisa, certifique de que o provedor do sistema tem as seguintes políticas definidas para o serviço:

  • Gerenciamento de cookies;
  • Resposta a incidentes;
  • Retenção, descarte e criptografia de dados;
  • Proteção e tratamento de dados pessoais;
  • Segurança da informação.

Leia também >>> Gestão de consultório odontológico online: ferramentas e cursos

3. Manter backup de dados

O backup de dados é o processo que faz a cópia e o armazenamento de dados em um local seguro, evitando a perda de informações. Antigamente, as empresas tinham máquinas especiais utilizadas como servidores para armazenamento das informações.

Hoje, os serviços na nuvem facilitam a criação de servidores online. Com o apoio de um profissional de TI na odontologia, você pode montar um sistema próprio ou escolher softwares que já oferecem backup de dados.

4. Ativar os recursos de segurança de rede e dos dispositivos móveis

O básico da cibersegurança não pode faltar, ou seja, computadores, servidores e dispositivos móveis equipados com programas de antivírus e firewall, que formam a primeira barreira de proteção.

Caso você ou sua equipe acessem os sistemas do consultório de casa, os equipamentos pessoais também devem ter essas proteções ativadas.

5. Criar políticas e barreiras para controle de acesso

As medidas de cibersegurança na odontologia podem ser reunidas em um documento formal para que todas as políticas sejam registradas e comunicadas de forma clara.

A criação de logins e senhas individuais para a equipe nos softwares utilizados ajuda no controle de acesso. Além disso, é essencial que todos os usuários tenham a autenticação de dois fatores ativada.

Aprenda a gerenciar e posicionar seu negócio na internet

A divulgação de um consultório hoje é praticamente 100% digital, concorda? Todos os dados levantados sobre seu público, os resultados dos anúncios e os investimentos realizados precisam ser bem definidos e protegidos pelas medidas de cibersegurança.

Você tem dificuldade em gerenciar suas ações de captação e conversão de clientes pela internet? Então, venha aprender comigo a montar uma estratégia de sucesso no Método Gorro Branco.

Além de aulas gravadas e suporte individual, fazemos aulas ao vivo em grupo para tirar dúvidas da turma e trocar experiências em grupo.

E já que o assunto é tecnologia e segurança, que tal ter uma mãozinha da inteligência artificial para criar legendas atrativas para seu conteúdo nas redes sociais.

Desenvolvi com o time da Smiles University o Gerador de Copy, uma ferramenta que auxilia na criação de textos a partir de palavras-chave. Conheça o aplicativo e aprenda como usar! Além disso, te convido a conversar comigo para que eu mostre como ser um dentista de sucesso. Te espero!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *