Marketing

Neuromarketing para dentistas: o que é e como aplicar? 4 dicas

A aplicação de técnicas de neuromarketing para dentista pode ser o detalhe que faltava para alavancar os resultados do seu consultório odontológico. Duvida?

Essa abordagem parte da premissa de que a decisão de compra tem início em nosso subconsciente. Assim, o uso de determinados elementos, organizados de formas específicas, aumentaria a eficácia do marketing ao influenciar tais escolhas.

Quer entender como isso tudo funciona na prática? Vem comigo que eu te mostro!

Neste post, explico o que é neuromarketing na odontologia, como funciona e porque você deveria usá-lo. Além disso, apresento as principais técnicas de neuromarketing para dentistas e, ao final, dou uma dica especial que vai aprimorar a sua estratégia.

O que é neuromarketing na odontologia?

Neuromarketing é a área do marketing que estuda o comportamento do consumidor, visando entender seu processo de decisão de compra e, com isso, identificar o que influencia suas decisões. Sem assim, o neuromarketing aplicado à odontologia visa desenvolver estratégias para a atração e fidelização de novos pacientes.

Ou seja, para nós, dentistas, o neuromarketing é uma ferramenta que potencializa os resultados do marketing, contribuindo para o sucesso da clínica odontológica.

Ficou confuso? Calma, pois vou explicar tudo direitinho a seguir!

Como o neuromarketing funciona na prática?

Você deve ter notado que neuromarketing é a união entre marketing e neurociência, certo? Essa área estuda o comportamento do consumidor, entendendo a decisão de compra como um processo complexo, que tem início no subconsciente das pessoas. 

Assim, parte da premissa de que certos estímulos, como sons, cheiros e cores, influenciam a tomada de decisão das pessoas e, com isso, podem torná-las mais suscetíveis a optar pela sua clínica em vez de seus concorrentes, por exemplo.

A ideia geral é que tais elementos alteram a forma como nosso cérebro interpreta e processa informações. Assim, determinados estímulos poderiam afetar nossas emoções e, por consequência, influir nossas decisões de compra.

É por isso que, inclusive, boa parte das redes de fast food usa amarelo e vermelho em suas identidades visuais, sob a premissa de que essas cores estão associadas à sensação de fome. Adicionalmente, você também já deve ter reparado que na área da saúde predominam o azul e o branco, certo? São cores que transmitem calma.

Qual a diferença entre neuromarketing e o marketing tradicional?

O marketing tradicional se baseia em elementos culturais e sociais para mapear a jornada do cliente e aprimorar sua experiência de compra. O neuromarketing, por sua vez, apoia-se em fatores biológicos para decifrar o comportamento do consumidor

Contudo, nada impede que você construa uma estratégia poderosa, associando o modelo tradicional ao neuromarketing para dentista no marketing digital, visando à captação de pacientes odontológicos para alavancar o faturamento da sua clínica.

Por que usar neuromarketing no consultório odontológico?

Nós, dentistas, podemos usar o neuromarketing na captação de pacientes odontológicos, para trabalhar nossa marca pessoal e conquistar autoridade.

Por exemplo, sabendo que determinados estímulos influenciam a opinião das pessoas e a maneira como percebem nossa marca, podemos moldar o discurso para gerar uma impressão positiva. Isso significa que é possível criar campanhas personalizadas para diferentes públicos de forma mais eficaz. Genial, concorda?

Em outras palavras, essas técnicas ativam nas pessoas um dos componentes mais poderosos do marketing digital: a emoção, o que aumenta o poder de persuasão do dentista e potencializa seus resultados, acelerando sua jornada rumo ao sucesso.

Como usar o neuromarketing na odontologia? 4 dicas 

A esta altura você já deve ter percebido o potencial que esse tipo de abordagem pode ter para suas campanhas de marketing, certo? A boa notícia é que dentistas podem usar o neuromarketing no consultório odontológico de diferentes formas.

Confira algumas dicas que preparei para te ajudar com seus primeiros passos:

1. Storytelling

Storytelling é uma técnica de escrita muito usada no marketing digital para dentistas. Ela permite criar conteúdos envolventes, capazes de despertar diferentes emoções na audiência. 

Se você souber aplicá-la da forma correta, certamente terá muito mais engajamento em suas publicações, elevando, também, suas chances de conversão.

2. Persuasão

Outra técnica muito usada no neuromarketing para dentistas é a linguagem persuasiva

Trata-se de um estilo de escrita com foco em convencer o leitor a realizar uma ação específica, como visitar o seu site, seguir seus perfis nas redes sociais ou entrar em contato para agendar uma avaliação.

Neste sentido, um call to action bem-feito pode fazer maravilhas pelo seu marketing.

Quer melhorar a qualidade do seu conteúdo, criando textos com alto poder de conversão? Conheça o Gerador de Copy, o primeiro gerador de legendas para Instagram focado na Odontologia.

3. Gatilhos mentais

Os gatilhos mentais fazem parte da linguagem persuasiva e são estímulos poderosos, capazes de mudar a percepção das pessoas em relação a algo e, até mesmo, influenciar em sua tomada de decisão

Contudo, devem ser usados com inteligência para não gerar efeitos negativos e prejudicar sua relação com o público.

4. Design

O uso de imagens tende a chamar mais atenção que textos, por serem mais fáceis de serem lidas e transmitirem mais informações em menos tempo.

No entanto, elementos gráficos, como cores, fontes e formas, bem como a maneira como são posicionados em suas artes, podem afetar a percepção das pessoas de maneiras diferentes.

Portanto, você deve trabalhar muito bem o design de suas publicações, criando layouts limpos e agradáveis, que transmitam as informações com clareza.

Como potencializar uma estratégia de neuromarketing para dentista?

Quando um dentista aplica neuromarketing à odontologia, deixa clara a sua dedicação em busca de melhores resultados para a sua clínica. Contudo, para ser bem-sucedido nessa estratégia, é preciso conhecimento para não pesar a mão e gerar o resultado oposto, afastando as pessoas em vez de aproximá-las.

Isso porque quando usamos neuromarketing na saúde, estamos lidando com as emoções da nossa audiência, e isso requer muita sensibilidade e empatia.

Sendo assim, se você deseja aprofundar seus conhecimentos nesta área e aprender ainda mais para transformar a realidade do seu consultório, recomendo um curso de marketing digital para dentistas, onde você terá acesso à chave para o sucesso.

Se quer alavancar o faturamento do seu consultório e ser reconhecido como autoridade em sua especialidade, você precisa fazer sua aplicação na Imersão 10k agora mesmo!

Gostou? Então conheça agora mesmo a metodologia e dê mais um passo para impulsionar a sua carreira. Se preferir, converse comigo agora mesmo, e eu te mostro como ser um dentista de sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *