Mercado odontológico

Desafios da profissão de dentista: quais são e como superá-los?

Depois de uma carga horária de 4.000 horas cumpridas em cinco anos de graduação, ingressar no mercado de trabalho coloca os recém-formados de frente com os desafios da profissão de dentista.

Nesse contexto, é válido destacar que o tempo de profissão agrega experiência, mas existem sempre conhecimentos novos a aprender: novas técnicas, formas de diagnóstico, métodos de tratamento, ferramentas de gestão e muito mais.

Dessa forma, os avanços e desafios da profissão de dentista estimulam os profissionais a se adaptarem constantemente para atender seus pacientes com qualidade e consolidar um posicionamento forte no mercado odontológico.

Neste artigo, listo os principais os desafios da odontologia nos dias atuais para os recém-saídos da faculdade, os maiores reveses da carreira e dicas para superá-los e construir uma carreira de sucesso. 

Continue a leitura até o fim e me conte nos comentários como você lida com as dificuldades do mercado de trabalho na odontologia.

Quais são os desafios de um dentista recém-formado?

Para os dentistas recém-formados, os principais desafios estão relacionados à consolidação de uma posição no mercado odontológico, como a construção da cartela de clientes, criação de uma rotina produtiva, conseguir abrir um consultório próprio e aprender a gerenciá-lo e manter uma estrutura técnica e de pessoas funcionando corretamente.

Nesta etapa, as dificuldades são mais desafiadoras devido à inexperiência e até a insegurança de não conseguir ser bem-sucedido. Porém, são fatores que podem ser trabalhados e superados com dedicação e uma boa estratégia para a carreira.

A seguir, detalho os aspectos de cada desafio e formas de superar os embates dos primeiros anos de carreira:

Construir a própria clientela

A construção de uma carteira de clientes é um dos desafios da profissão de dentista que sempre estará no radar dos profissionais da área. No começo da carreira, é preciso se dedicar mais para ganhar espaço no mercado e se destacar pelos resultados.

Hoje, com a internet e as estratégias de marketing digital, os profissionais têm ferramentas valiosas para impulsionar sua imagem no mercado e vender seu peixe para mais pessoas. 

Habituar-se a prática clínica

Quem sai da faculdade e consegue abrir o próprio consultório ou fazer uma parceria com um colega, precisa se habituar à rotina de trabalho e às responsabilidades de ser dono de uma empresa.

Disciplina, organização e comprometimento são fundamentais para ser bem-sucedido, pois têm impacto direto na experiência do paciente e das pessoas que colaboram para que todas as atividades sejam realizadas.

Abrir o próprio consultório

Porém, abrir o próprio consultório é um dos grandes desafios da profissão de dentista. Além do alto investimento, a burocracia para abrir um negócio no Brasil é grande. Sem falar que é necessário aprender a precificar os serviços e ter um planejamento estratégico com metas de crescimento.

Ou seja, antes de começar a atender, existe um investimento de tempo e capital para estruturar muitos detalhes para abrir um consultório.

Adquirir conhecimento de gestão

As instituições de ensino oferecem uma educação de qualidade, e os dentistas recém-formados saem prontos para atender e realizar procedimentos odontológicos.

Porém, o conhecimento sobre gestão de clínica odontológica é uma habilidade que os profissionais saem da graduação sem aprender. Dessa forma, é preciso dedicar tempo para aprender a gerenciar as demandas administrativas do mercado.

O que falar sobre a profissão de dentista? 

A profissão de dentista é essencial para a saúde e bem-estar da população, pois os profissionais da área são os responsáveis por orientar sobre prevenção, diagnóstico e tratamento dos problemas relacionados ao sistema estomatognático (SE). Os serviços vão desde extração e cuidados com cárie dentária até intervenções cirúrgicas, como realização de implantes e correções estruturais.

Segundo dados do Conselho Federal de Odontologia (CFO), existem mais de 400 mil cirurgiões-dentistas habilitados e ativos no país. Os estados com o maior número de dentistas são São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, respectivamente.

Os alunos formados em Odontologia recebem o título de cirurgião-dentista, mas existem 23 especializações conforme especifica o site do CFO, entre elas:

  • Implantodontia;
  • Endodontia;
  • Cirurgia Bucomaxilofacial;
  • Ortodontia;
  • Prótese dentária;
  • Periodontia;
  • Odontopediatria, entre outras.

Encontrar um nicho odontológico com alta demanda onde você está localizado pode ser um caminho para driblar os desafios da profissão de dentista. Falo mais adiante, como vencer os contratempos da profissão.

Leia também >>> O que é nicho odontológico? Conheça 8 possibilidades.

Quais são os maiores desafios do dentista?

Como destaquei no início do artigo, além dos desafios da profissão de dentista do início da carreira, ao longo dos anos, novos aparecem e demandam atenção para manter o desempenho profissional em alto nível.

Confira os principais desafios da carreira em Odontologia:

Estresse

Uma pesquisa do International Stress Management (ISMA) alertou que os profissionais brasileiros estão em segundo lugar no ranking dos mais estressados — 72% sofrem com o estresse e 32% já tiveram síndrome de burnout.

Dificuldade em atrair novos pacientes, as mudanças do mercado, eventos inesperados (alô, pandemia!) e outras adversidades podem aumentar o nível de estresse, exigindo não só atenção, mas cuidados para manter a saúde mental. 

Alta concorrência no mercado

A alta concorrência no mercado odontológico é um dos desafios da profissão de dentista que mantêm os profissionais em alerta, demandando novas estratégias de posicionamento e atração de clientes. 

Atualmente, existe 1 dentista para cada 507 habitantes no Brasil. A média da Organização Mundial de Saúde (OMS) é de 1 cirurgião-dentista (CD) para cada 1.500 habitantes. Os profissionais que se formam em grandes centros sentem ainda mais o peso da concorrência.

Leia também >>> Estudo de mercado odontológico: como fazer e se destacar?

Investimentos altos

Criar e modernizar um consultório ou clínica odontológica ao longo dos anos de trabalho exige um alto investimento. Muitos equipamentos, máquinas e ferramentas, especialmente as mais modernas, são caras, exigindo um bom planejamento financeiro.

O cuidado em planejar as aquisições minimiza os riscos de endividamento que podem comprometer a saúde financeira do consultório e, consequentemente, a permanência no mercado.

Falta de habilidades administrativas e financeiras

Quando o profissional não aprende sobre gestão administrativa e financeira no começo da carreira, o desafio fica ainda maior no futuro. 

Entender as demandas envolvidas no gerenciamento de uma empresa evita a conduta de riscos, como mau gerenciamento da equipe e falta de controle de suprimentos, por exemplo.

Na parte financeira, a organização não garante apenas todas as contas pagas, mas também entendimento sobre o potencial de investimento com base nos lucros obtidos. 

Dificuldade de gerenciar pessoas

Outro dos desafios da profissão de dentista é gerenciar pessoas. Afinal, o funcionamento de um consultório depende, pelo menos, de um dentista e de uma secretária para auxiliar na organização da agenda, marcação de avaliações, recepção dos pacientes, etc.

Se os colaboradores fixos e terceirizados não forem bem orientados e gerenciados, os resultados ficarão aquém do esperado. Sem contar que a falta de organização pode afastar bons profissionais do seu negócio.

Desenvolver perfil empreendedor

Ser um dentista empreendedor também é um desafio da profissão. Como prestador de serviço, é essencial aprender como identificar oportunidades, tendências de mercado, mudanças nas necessidades dos pacientes e mais.

O desenvolvimento de um perfil empreendedor depende do interesse pessoal em ter um negócio inovador, que se destaca pelo pioneirismo e oferece as melhores soluções. 

Acompanhar a evolução tecnológica

A tecnologia evolui a passos largos na odontologia, principalmente com a digitalização dos processos que melhoram a qualidade dos exames e agilizam os tratamentos.

Porém, oferecer tecnologia de ponta no consultório ainda não é acessível a todos os profissionais. Para modernizar a estrutura, é fundamental ter um bom planejamento com metas para orientar a evolução da estrutura tecnológica.   

Seguir o Código de Ética Odontológica

O Código de Ética Odontológica detalha tudo que um profissional pode fazer ou não para exercer a profissão dentro das normas exigidas.

Por exemplo, existem alguns tipos de propaganda que dentistas não podem fazer, como divulgar com preços, serviços gratuitos e formas de pagamento, ou outras formas que impliquem comercialização. 

Então, as regras não podem ser esquecidas, principalmente ao terceirizar serviços de marketing digital.

Como superar os desafios atuais na odontologia?

Os desafios da profissão de dentista são muitos e, com certeza, vão além dos que citei acima. Afinal, cada região tem suas dificuldades particulares. Porém, isso não significa que não existam estratégias para superar as adversidades. 

Agora é o momento de se preparar para colocar a mão na massa e trabalhar pelo desenvolvimento da sua carreira, seguindo as dicas que listo a seguir: 

1. Monte um planejamento de carreira

Um planejamento de carreira é o primeiro passo para superar desafios da profissão de dentista por ajudar na criação de objetivos em curto, médio e longo prazo e na divisão de metas para cada etapa.

No plano, você ainda pode avaliar sua capacidade de investimento atual, quais oportunidades pode conseguir com o orçamento, onde vai atender e em quanto tempo pode evoluir, se atingir a margem de lucro definida para o período. 

O Sebrae é uma instituição que apoia pequenos negócios e pode ser muito útil para profissionais recém-formados que precisam de orientação para traçar seu plano de negócio e carreira.

Leia também: 5 cursos para dentista recém-formado alcançar o sucesso [LISTA]

2. Invista em cursos para dentistas

Com um plano de carreira, o próximo passo para driblar os desafios da profissão de dentista é investir em cursos para dentista. 

Como citei, um dentista precisa adquirir conhecimento sobre gestão empresarial, gestão financeira, gestão de pessoas, marketing digital, entre outros.

Na parte de marketing digital, ter habilidades para criar estratégias de atração, conversão e fidelização de pacientes é fundamental para fazer seu consultório crescer com o poder da internet.

Neste objetivo eu posso ajudá-lo, pois desenvolvi um curso on-line completo para que você aprenda e tenha autonomia para uma estratégia de marketing eficiente. 

>> Conheça o Gorro Branco e saiba como ele pode ajudar a impulsionar sua carreira! <<

3. Crie um método de organização semanal

Além de conhecimento, organização é essencial para vencer os desafios da profissão de dentista. Por isso, ter um planejamento semanal ajuda a dividir o tempo disponível.

Você pode criar metas semanais e organizar uma lista diária de tarefas para cumprir cada uma sem se sobrecarregar. Lembre-se de incluir momentos de descanso para ter tempo de qualidade fora do trabalho. Saúde mental em dia favorece as boas ideias!

Para se organizar, você pode usar ferramentas como Trello ou o Google Keep para organizar as metas e montar listas, gerenciando tudo online.

4. Estude sobre gestão financeira

O alto investimento para manter um consultório é desafiador, então, o orçamento precisa ser bem dividido e gerenciado. O cuidado com o capital do consultório é a diferença entre sucesso e fracasso, pois muitas empresas fecham por má gestão financeira. 

Então, invista em cursos específicos sobre gestão financeira. O Sebrae disponibiliza on-line vários cursos gratuitos, inclusive, na área de finanças, para se capacitar sem custos.

Ter um contador confiável é fundamental para formalizar a empresa corretamente e saber quais são as obrigações mensais que precisam ser cumpridas.

5. Tenha uma secretária eficiente

Uma profissional experiente e capacitada ajuda a organizar agenda, fazer contato com potenciais pacientes e a superar desafios da profissão de dentista, como, por exemplo, fechar mais vendas, mantendo sua cadeira sempre ocupada.

Fiz um vídeo especial sobre o tema, explicando como a secretaria pode auxiliar nesse objetivo. Vale o play!

Invista no processo de seleção e escolha uma profissional com experiência em atendimento, vendas e que tenha uma boa comunicação. Claro, não se esqueça de treiná-la para compartilhar os objetivos do consultório.

Leia também: Programa de treinamento de secretária de dentista em 3 passos.

Dentista: desafios e perspectivas da profissão

Em um mercado no qual a oferta é maior é elevado, é necessário empenhar-se para superar os desafios da profissão de dentista e destacar-se como um profissional de valor. 

Para ganhar perspectiva e não desanimar diante das dificuldades naturais do processo de crescimento na carreira, defina alguns pontos, como: 

  • o seu propósito como profissional (para ter proposta inovadora no mercado);
  • o tipo de tratamento será o carro-chefe do seu consultório;
  • o público-alvo do procedimento e o perfil de paciente que deseja atrair;
  • a meta de faturamento e lucro. 

Assim, seu foco ficará mais apurado, e você poderá extrair resultados cada vez melhores das suas campanhas de vendas.

Vencendo os desafios da Odontologia no Brasil

Sabia que 60% dos brasileiros não têm acesso a atendimento odontológico de qualidade? E mais: 55% da população não vai ao dentista, no mínimo, uma vez ao ano. Os dados são do Ministério da Saúde.

Bom, diante de uma população carente de bons serviços e um mercado odontológico cheio de profissionais capacitados, você pode investir para impactar positivamente a vida das pessoas com um trabalho essencial.

Definir um propósito e divulgá-lo com uma boa estratégia ajuda a vencer os  desafios e crescer no mercado.

Conheça o curso Gorro Branco ou converse comigo agora mesmo e dê o primeiro passo para alavancar seus resultados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *