Mercado odontológico

Marketing no mercado de odontologia estética: o que é e como se destacar?

O mercado de odontologia estética é um dos   que mais crescem no Brasil. Esse boom comprova que o brasilleiro é vaidoso e que quer manter a autoestima em dia. Afinal, muita gente hoje vai ao consultório em busca de alinhamento dentário visível, harmonização fácil e de facetas de porcelana. 

Talvez você já esteja sentindo esse aumento de procura por procedimentos como esses. . Caso não, isso não o impede de aproveitar a movimentação do mercado, certo?

Independentemente da sua situação atual, conhecer mais sobre as tendências da odontologia estética, vai te ajudar a encher a sua agenda com novos pacientes e avaliações

Como fazer isso? A seguir, reuni informações relevantes sobre o mercado de odontologia estética, que acredito serem muito importantes para quem trabalha, ou deseja trabalhar, na área.

Por isso, continue lendo e solucione suas dúvidas.

Como é o mercado de odontologia estética atualmente?

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), o mercado de odontologia estética cresceu incríveis 560% só em 2021.

Além disso, uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Odontologia e Estética (SBOE), mostrou  o Brasil como o segundo país que mais realiza procedimentos estéticos dentários no mundo, ficando atrás apenas dos EUA nesse quesito.

Outro levantamento  revelou que a busca por procedimentos estéticos triplicou nos últimos anos, e que 2023 deve seguir essa tendência de ascensão. A projeção global é que o ramo movimente cerca de 40 milhões de dólares no ano.

Avanços tecnológicos nos tratamentos

Uma das grandes razões para esse grande crescimento são os avanços tecnológicos que permitem que novos procedimentos surjam, como:

  • resina de porcelana; 
  • lentes dentais; 
  • clareamento do dente; 
  • aplicação de botox;
  • alinhamento invisível;
  • harmonização facial, entre outros.

Com tantas opções, e um cenário aquecido, o Conselho Federal de Odontologia (CFO), também afirma que o Brasil é considerado uma das grandes referências no mercado dentário mundial, figurando entre as primeiras posições do ranking.

Cada dia mais pessoas têm visto valor em ter um sorriso bonito e valoriza os procedimentos estéticos que proporcionam isso. 

Um estudo da Associação Brasileira da Indústria Médica, Odontológica e Hospitalar (Abimo) aponta que cerca de 12 milhões de brasileiros têm visitado dentistas para corrigir problemas ortodônticos.

Isso significa que estamos falando de um mercado gigantesco, que já faturou muito alto nos últimos anos, mas que ainda está cheio de oportunidades para quem opta pela odontologia estética como especialização.

Contudo, é comum encontrarmos dentistas que ainda não conhecem muito sobre essa área, relativamente recente se comparada às técnicas mais tradicionais de tratamento, que ainda têm dúvidas sobre a odontologia estética e como trabalhar com a área. 

O que é odontologia estética ?

De maneira geral, o nome é bastante autoexplicativo, contudo é importante reforçar que a odontologia estética se refere a procedimentos que visam corrigir, restaurar ou alterar a aparência dos dentes, para que fiquem com uma aparência melhor e mais harmoniosa.

No entanto, apesar de ter levar o termo “estética”, nem todo o procedimento visa apenas à  beleza, uma vez que muitos têm  como objetivos secundários:

  • melhora da saúde bucal do paciente;
  • reconstrução dentária;
  • correção da mordida, por exemplo. 

Qual especialização para odontologia estética?

Assim como em outras áreas da odontologia, para trabalhar com estética é preciso concluir um curso de pós-graduação específico , em uma instituição de ensino reconhecida pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO).

Alguns exemplos de especializações na odontologia estética incluem: 

  • Ortodontia Estética; 
  • Prótese Dental Estética; 
  • Cirurgia Periodontal Estética; 
  • Endodontia Estética. 

Por isso, se você quer começar a trabalhar com essa área da odontologia, a recomendação é que  busque uma dessas especializações e comece a se preparar para oferecer um serviço com alto padrão de qualidade para, assim,  alcançar excelentes resultados e impactando a vida de seus pacientes. 

Marketing na odontologia estética: qual a importância?

E depois de concluir a sua especialização em Odontologia Estética, qual é o próximo passo? 

Responder a essa pergunta é fundamental para que você tenha sucesso em seu objetivo de levar mais sorrisos para as pessoas e aproveitar o mercado aquecido. 

Contudo, para isso, uma prática não pode ser esquecida, e essa você não aprende na faculdade nem no curso de especialização: investir em marketing para seu consultório odontológico

Isso porque ações de marketing eficientes possibilitam que você se  posicione no mercado como uma referência no assunto de estética e, então, capte pacientes particulares que enxerguem  todo o valor que você pode oferecer a eles. 

É fácil entender essa importância, afinal, como você espera atrair pacientes sem divulgar o seu nome e o seu trabalho?

Viver só de indicação é um desperdício do seu potencial. Por isso, é fundamental investir na criação de ações de marketing que ofereçam real resultado.   

E, para isso, o primeiro passo é evitar cometer erros comuns aos dentistas que começam a buscar um posicionamento dentro dos canais como redes sociais. Quais são eles? No vídeo abaixo falo sobre cada um e apresento como você pode parar de cometê-los. 

Por tudo isso, minha dica final é que conheça o Gorro Branco, um treinamento de marketing para dentistas completo, que vai te ensinar como captar clientes da internet, todos os dias. 

Eu e minha equipe já mudamos a vida de mais de 2 mil dentistas e queremos mudar a sua também. Faça agora mesmo a sua inscrição sem compromisso. Caso não goste da proposta, você pode cancelar nos próximos 7 dias.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *